História

 A Igreja Presbiteriana do Areão completa 55 anos de existência. Chegar até aqui não foi fácil, passamos por momentos difíceis e desafiadores, mas vencemos como Cristo nos prometeu. Estamos localizados numa área central da grande Cuiabá, de fácil acesso. Referência importante na Pregação do Evangelho na cidade, considerando o número de membros arrolados, o trabalho de sustentação nas obras missionárias e a participação na sociedade através da Escola Presbiteriana de Cuiabá, hoje com mais de 650 alunos matriculados e muitas vidas transformadas ao longo desses 55 anos, nos mostra a relevância que nossa igreja é para a sociedade onde está inserida. Em busca de conhecer um pouco mais sobre a origem disso tudo, fomos à procura de pessoas que testemunharam o nascimento desse trabalho. Encontramos alguns irmãos que nos ajudaram, com seus depoimentos, a resgatar a nossa história.  Os queridos D. Rita Alves da Silva e Sr. Carlos Leite nos relataram que esse trabalho teve seu início em 1933, nas residências de duas grandes mulheres, D. Cecília Galvão e D. Antônia Nobres, que colocaram suas casas à disposição do Senhor. A primeira Escola Dominical foi denominada “Betel”.Entre as décadas de 40 e 50 teve como ponto de pregação a casa do Sr. Manoel Atanásio Leite. As reuniões contavam com 12 a 18 pessoas. Em 1949 a igreja era denominada Congregação do Areão e já contava nessa época com aproximadamente 50 pessoas. Os irmãos animados sob a liderança do Rev. Augusto José de Araújo, procuravam um terreno devoluto para construção da sede própria. Havia dois lotes de terra que eles estavam sonhando adquirir, mas naquela época a Prefeitura de Cuiabá não aceitava dar carta de aforamento de dois lotes para uma mesma pessoa. Decidiram, então, adquirir um lote em nome da Igreja e o outro em nome do pastor Augusto, sendo mais tarde adquirido pela igreja. A partir daí, os crentes trabalharam em prol de coletas de donativos para construção do tão sonhado templo, realizaram muitos Bazares e outras beneficências. Foi um tempo de espera. O Sr. Antônio Maria de Mesquita, sugeriu, então, que se fizesse um empréstimo em dinheiro na Missão Central do Brasil, nos Estados Unidos. Foi escrita uma carta para Missão contando a situação e em 1958, nos foi enviado 80 Contos de Réis para ser pago em cinco anos. A igreja foi construída em regime de mutirão. Em dezembro de 1963 a Igreja Presbiteriana de Cuiabá prepara a congregação para tornar-se igreja organizada. Em 23 de dezembro de 1964 foi oficialmente organizada e denominada 2ª Igreja Presbiteriana de Cuiabá, hoje, IGREJA PRESBITERIANA DO AREÃO, tendo como pastor relator o Reverendo Aristóteles Ferreira da Fonseca. O Reverendo Dale O. Tuje foi o primeiro pastor efetivo da recém-organizada igreja, sustentado com ofertas de crentes americanos repassados pela Missão que também arcava com o aluguel da casa pastoral. É importante salientar que entre 1962 a 1965 nas dependências da Congregação, aos domingos, funcionava a Escola Dominical e, durante a semana, funcionava uma escola secular sob a direção da D. Senhoria Alves. Desde cedo nossa igreja revelava sua vocação para a educação. Nestes 50 anos de existência a Igreja Presbiteriana do Areão cresceu e frutificou. De filha tornou-se mãe das igrejas: Jardim Paulista, Ebenézer, Jardim Guanabara, Filadélfia, Adonai e Betesda. É responsável pela Congregação em Bom Jardim (Nobres) e é mantenedora da Escola Presbiteriana de Cuiabá e da ABEM. O trabalho da IPA, também, despertou e inspirou muitas pessoas à vocação pastoral, hoje já formados, estão servindo o Reino de Deus no Brasil e no Mundo. São eles:  Basílio Oliveira (Senegal– África); Donaldo Moraes; Francisco de Assis; Helber Goulart; Higor Alessandre; José Vicente; Josenir Silva; Sérgio Félix; Pr. Marcos Izidoro dos Anjos; Gilmar Freitas de Souza; Sebastião Ferreira Souza, Adriano Coimbra. A IPA contribui no sustento dos missionários Pr. Peter e Carmosina Carlson (entre os índios Kadiwéus); Pr. Basílio Oliveira (Senegal); Pr. Silvio Michel (França); Gideões Internacionais; Pr. Francivaldo (I.P. Carumbé); Fundação Buriti; Congregação Distrito Bom Jardim (Nobres); Pr. Silmar Artur – Namíbia/África; (Indígenas/AM); Pr. João Petrecelli (Nova Zelandia / Nepal); Miss. Laura Hotti - Barco Luz do Guaporé /RO, Pr. Ronan Freire (Ponto Preg. Boas Novas em C. Verde) ; ABUB Obr. Natan Castro; Programa Verdade e Vida, Pr. Jossandro e Viviane Indígenas / AM e CONPLEI (Indígenas AM). No seu corpo eclesiástico a Igreja Presbiteriana do Areão  conta atualmente com um Pastor efetivo Rev. Heronilton Silva e Lima e Pastor auxiliar Rev. Jefferson Zimmer. Somos gratos a Deus pelo privilégio de servi-LO nesta cidade e nesse tempo; queremos honrá-LO com tudo o que temos e somos. Diante de tantas bênçãos temos que dizer “EBENÉZER” Até aqui tem nos ajudou o SENHOR.